Liga Alemã: Time de Calderano busca liderança; Tsuboi luta pela classificação

11/03/2016 14:18

Liebherr Ochsenhausen e Schwalbe Bergnestaudt disputam neste domingo a penúltima rodada da fase de classificação

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 11/3/2016

Schwalbe Bergnestaudt, que conta com Gustavo Tsuboi (63º colocado do ranking mundial), e Liebherr Ochsenhausen, equipe de Hugo Calderano (58º), terão partidas decisivas neste domingo (13), pela penúltima rodada da fase de classificação da Liga Alemã. O primeiro terá um confronto direto pela classificação para as semifinais, enquanto o segundo tentará assumir a liderança da competição.

Quinto colocado na tabela, o Bergnestaudt enfrentará às 11h (de Brasília) o atual campeão Borussia Dusseldorf, que ocupa a quarta posição, a última na zona de classificação para os playoffs. As duas equipes possuem a mesma campanha – nove vitórias e sete derrotas –, mas o Borussia leva vantagem no saldo de jogos (13 contra zero).

Para se classificar, o Bergnestaudt precisa vencer os dois confrontos restantes na competição. Em caso de derrota para o Borussia, o time de Tsuboi não terá como tirar a diferença de jogos na rodada final, ficando sem chances de ir às semifinais.

Após conquistar o vice-campeonato mundial da Segunda Divisão, no último sábado (5), o brasileiro poderá reforçar o Bergnestaudt no confronto decisivo. Recuperado de lesão no cotovelo, Tsuboi voltou a defender sua equipe na rodada anterior, quando foi superado pelo inglês Samuel Walker (118º) por 3 sets a 1 na vitória sobre o Grünwettersbach.

Já garantido nos playoffs, o Ochsenhausen irá à mesa também às 11h de olho na liderança. A equipe de Calderano ocupa a segunda posição, com 12 vitórias – apenas uma a menos do que Saarbrücken –, e terá pela frente o Post SV Mühlhausen. Se vencer, chegará à última rodada em primeiro na classificação.

Calderano chegará embalado ao confronto por dois motivos. O primeiro é o seu bom desempenho no Mundial, em que foi o principal destaque da seleção com 11 vitórias e apenas duas derrotas. O segundo é o ranking mundial de março: promovido à 58ª posição, o carioca se tornou pela primeira vez o melhor brasileiro da lista de forma isolada.

Na última rodada, Calderano reencontrou Timo Boll (10º), principal nome do Borussia. Na temporada passada, o brasileiro levou a melhor sobre o ex-número um do mundo por 3 sets a 0. Desta vez, no entanto, o alemão venceu por 3 a 1 em jogo marcado pelo equilíbrio.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br