Liga dos Campeões: Cazuo Matsumoto comanda primeira vitória de Energa-Manekin na competição

28/10/2016 10:14
Equipe de Hugo Calderano também atuou na rodada e perdeu. Brasileiro foi derrotado pelo japonês Jun Mizutani, bronze na Rio 2016
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 28/10/2016
 
Foto: Site oficial Energa-Manekin
 
O brasileiro Cazuo Matsumoto comandou a vitória do Energa-Manekin (POL) na Liga dos Campeões da Europa! O atleta, que esteve nos Jogos Olímpicos Rio 2016, venceu duas partidas no confronto com o SPG Walter Wels (ALE) e foi essencial no triunfo por 3 a 2. A equipe de Hugo Calderano, Liebherr Ochsenhausen (ALE), também atuou na rodada, mas acabou perdendo para Fakel Gazprom (RUS) por 3 a 1.
 
No duelo entre Energa-Manekin e SPG Walter Wels, Cazuo Matsumoto foi o primeiro a ir à mesa. O brasileiro encarou Zsolt Petö e venceu por 3 sets a 1 (11/5; 12/10; 7/11 e 11/8), abrindo o placar para o Energa. Porém, Pavel Sirucek perdeu para Jian Jun Wang por 3 sets a 0 (11/8; 11/8 e 11/8) e Tomasz Kotowski foi derrotado por Mihai Bobicica por 3 sets a 2 (8/11; 12/10; 8/11; 11/4 e 11/5), fazendo com que SPG Walter Wels passasse à frente no placar.
 
Cazuo voltou à mesa e bateu Jian Jun Wang por 3 sets a 1 (11/6; 11/9; 6/11 e 11/8), empatando o confronto. Na última partida, Pavel Sirucek venceu Zsolt Petö por 3 sets a 2 (14/12; 11/7; 9/11; 9/11 e 11/8), assegurando a vitória do Energa, a primeira na Liga dos Campeões da Europa.
 
Já o Ochsenhausen encarou o Fakel Gazprom e perdeu por 3 a 1. Simon Gauzy começou o confronto com Dimitrij Ovtcharov e ganhou por 3 sets a 2 (11/6; 8/11; 9/11; 11/7 e 11/8), abrindo o placar para o time alemão. Logo depois foi a vez de Calderano ir à mesa. O brasileiro encarou o japonês Jun Mizutani - que o eliminou nas oitavas da Rio 2016 - e fez um jogo bem equilibrado, mas acabou perdendo por 3 sets a 1 (9/11; 11/8; 11/9 e 11/8).
 
Com o confronto empatado, Jakub Dyjas enfrentou Vladimir Samsonov e foi derrotado por 3 sets 2 (11/8; 10/12; 9/11; 11/3 e 11/7), resultado que colocou o Fakel à frente. Simon Gauzy ainda teve a chance de igualar ao ter pela frente Jun Mizutani. Ele chegou a abrir vantagem de 2 a 0, mas o japonês conseguiu a virada e venceu por 3 sets a 2 (7/11; 5/11; 11/7; 11/7 e 11/6), garantindo o segundo triunfo da equipe russa na Liga dos Campeões.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais: 

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br