LUPA OLÍMPICA: Veja os principais nomes da disputa individual feminina

28/07/2016 17:37

Da redação, no Rio de Janeiro - 28/07/2016

Chegou a vez do "mano a mano" na série Lupa Olímpica! A análise, desta vez, será das meninas que vem ao Rio de Janeiro participar das competições no individual e serão adversárias das nossas Caroline Kumahara (116ª) e Lin Gui (131ª) na busca por um lugar no pódio. Vale lembrar que, no Pan-Americano do ano passado, Lin ficou com a prata no individual, enquanto Carol com o bronze. Assim como nas duplas, as grandes adversárias vão ser as chinesas.

Nesta categoria, o grande nome será a chinesa Ding Ning, atual segunda colocada no ranking mundial - a também chinesa Liu Shiwen, líder do ranking, virá para o Brasil apenas para a disputa por equipes. Ding Ning chega à Cidade Maravilhosa como favorita ao título, principalmente, devido à supremacia chinesa nas competições mais valiosas. Recentemente, conquistou dois ouros na etapa da Coreia do Sul do Circuito Mundial, no individual e nas duplas. Além disso, conquistou o ouro nas duplas na etapa do Japão e ficou com a prata no individual.
 
Quarta colocada no ranking mundial, atrás de três chinesas, Feng Tianwei, de Singapura, também chega ao Brasil com grande destaque. Além de ser a segunda melhor ranqueada da competição, ela venceu a etapa da Eslovênia Circuito Mundial, que aconteceu no começo do mês passado. Em relação ao ranking de julho, inclusive, Feng ganhou duas posições, uma vez que ocupava a sexta colocação em junho.
 
A outra chinesa na disputa individual na Rio 2016 é Li Xiaoxia, nada menos que a atual campeã olímpica, tanto no individual quanto nas duplas. Ao lado de Ding Ning, no mês passado, Li conquistou o ouro na etapa do Japão do Circuito Mundial na disputa de duplas. Na final do pré-olímpico, bateu a japonesa Kasumi Ishikawa. 
 
E por falar em Kasumi Ishikawa, ela chega sendo o nome mais forte do Japão. A atual sexta colocada no ranking mundial chegou às semifinais da etapa da Eslovênia do Circuito Mundial e às oitavas da etapa do Japão, ambas as competições aconteceram no último mês. 
 
Completando o Top 5 da Rio 2016, outra japonesa. Ai Fukuhara, também conhecida como Ai-Chan, é sétima colocada no ranking mundial. Ela chegou à semifinal da etapa da Eslováquia do circuito mundial, no mês passado, além de ter chegado às quartas da etapa de Zagreb do circuito mundial. Fukuhara, que tem 27 anos, chama a atenção no mundo do tênis já há algum tempo. Ela se tornou profissional aos 10 anos e é, até hoje, a mais nova representante do Japão nos Jogos Asiáticos (à época, tinha 13 anos).
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br