Mundial 2017: Em final emocionante, Ma Long bate Fan Zhendong e fica com o título

05/06/2017 12:35

No duelo pelo ouro no torneio de duplas femininas, melhor para as chinesas Ding Ning e Liu Shiwen

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 05/06/2017

Foto: Rémy Gros / ITTF

Pode-se dizer que, no Mundial de Tênis de Mesa, deu a lógica. Em uma final bastante equilibrada, que aconteceu nesta segunda-feira (5), os dois melhores jogadores do mundo disputaram o lugar mais alto do pódio no torneio individual masculino e, em um ginásio lotado, o chinês Ma Long, atual líder do ranking da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), acabou batendo o jovem compatriota Fan Zhendong por 4 sets a 3 (7/11; 11/6; 11/5; 11/8; 5/11; 7/11 e 12/10), garantindo o título em Düsseldorf, Alemanha.

Em outra decisão que ocorreu nesta segunda-feira, desta vez no torneio de duplas femininas, as chinesas Ding Ning e Liu Shiwen derrotaram as compatriotas Chen Meng e Zhu Yuiling por 4 sets a 3 (9/11; 11/8; 11/13; 11/8; 11/6; 6/11 e 11/9) e levaram o ouro.

A China ainda foi ao topo do pódio mais duas vezes no Mundial. No último domingo, Ding Ning, número 1 do mundo, conquistou o terceiro título da competição ao bater a também chinesa Zhu Yuiling (3ª), por 4 sets a 2 (11/4; 9/ 11; 4/11; 12/10; 11/6 e 11/7).

Enquanto isso, Fan Zhedong e Xu Xin conquistaram o título do torneio de duplas masculinas depois de baterem os japoneses Masataka Morizono e Yuya Oshima por (11/9; 16/14; 11/9; 6/11 e 13/11).

Nas duplas mistas, o título ficou com Maharu Yoshimura e Kasumi Ishikawa, do Japão, que, na final, bateram a parceria formada por Chien-An Chen e I-Ching Cheng, de Taipei, por 4 sets a 3 (8/11; 8/11; 11/8; 10/12; 11/4; 11/9 e 11/5).

O Mundial contou com a presença de oito brasileiros: Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi, Cazuo Matsumoto, Vitor Ishiy, Eric Jouti, Bruna Takahahshi, Caroline Kumahara e Lin Gui. Hugo Calderano, atual número 25 do mundo, chegou à terceira fase do individual masculino, sendo eliminado após perder para o Xu Xin, terceiro melhor do mundo, por 4 sets a 1.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br