Mundial Juvenil: Depois de fase de grupos invicta, Bruna Takahashi bate romena e vai aos 32 avos de final no individual

05/12/2016 16:38

Nos 32 avos de final, mesatenista vai encarar sul-coreana Jiho Kim

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 5/12/2016

Foto: ITTF
Bruna Takahashi está fazendo uma grande campanha no torneio individual do Mundial Juvenil, que está sendo realizado na Cidade do Cabo, na África do Sul. Nesta segunda-feira (5), a brasileira avançou para a fase 32 avos de final após ter batido a romena Andreea Clapa por 4 sets a 0, com parciais de 11/6, 11/9, 11/1 e 12/10. Classificada, Bruna vai encarar a sul-coreana Jiho Kim pela próxima fase, nesta terça-feira (6), às 5h30 (horário de Brasília).

Na primeira fase, que foi disputada no último sábado (4), a atleta terminou na liderança do Grupo 2. Primeiro, a brasileira teve de bater a porto-riquenha Paola Sanabria por 4 a 0, parciais de: 11/4, 11/7, 11/4 e 11/8. Depois, ela enfrentou a espanhola Yolanda Enriquez e a derrotou por 11/6, 8/11, 11/6, 11/4 e 11/9.

Outra brasileira também avançou para a fase principal, mas acabou superada nos 64 avos de final. Alexia Nakashima encarou a sul-coreana Youjin Kim e acabou derrotada por 4 a 0 (11/3, 11/5, 11/3 e 11/7).

O Brasil ainda teve mais atletas representantes no torneio individual. No feminino, Livia Lima e Daniela Yano não conseguiram ir à fase principal. Já no masculino, a trajetória de Gustavo Kodama e Carlos Ishida teve o mesmo desfecho. Rodrigo Yonesake se lesionou ainda na disputa por equipes e não jogou no individual.

No torneio de duplas, nossos brasileiros não conseguiram ir bem e acabaram superados em suas estreias. No feminino, pelos 64 avos de final, Livia e Daniela enfrentaram a parceria estadunidense Angela Guan/Grace Yang e perderam por 3 a 1 (8/11, 11/4, 12/10 e 11/9). Já Bruna e Alexia, que ficaram de bye nos 64 avos de final, encararam a parceria de Taipei, Tsai Yu-Chin e Wu Yi-Hua, e foram batidas por 3 a 2, com parciais de 11/5, 8/11, 11/9, 14/16 e 11/6.

Nas duplas masculinas, Gustavo Kodama e Carlos Ishida encaram os belgas Florian Cnudde e Valentin Pieraert pela fase 64 avos de final e não conseguiram vencer a parceria da Bélgica: derrota de 3 a 0, parciais de 11/9, 11/9 e 12/10.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br