Mundial por Equipes: Brasil bate Tailândia e se garante na fase final da segunda divisão

01/03/2016 04:45

Seleção brasileira chegou à quarta vitória consecutiva e segue invicta na Malásia

Foto: Marcos Yamada

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 01/03/2016

O time masculino da seleção brasileira garantiu, nesta terça-feira (1º), a classificação para a fase final da segunda divisão do Mundial por equipes, em Kuala Lumpur, na Malásia. Os comandados do técnico Jean-René Mounie derrotaram a Tailândia por 3 partidas a 1 e se mantiveram invictos na competição.

A primeira partida foi entre Thiago Monteiro (124º colocado no ranking mundial) e Padasak Tanviriyavechakul (239º) – apesar de ter largado muito bem, o cearense acabou derrotado por 3 a 2 (4/11, 9/11, 11/6, 15/13 e 11/1).

“O jogo do Thiago foi uma pena, pois acho que ele jogou muito bem, mas infelizmente não conseguiu fechar. Teve oportunidade de fechar, mas a bola não entrou e no último set ele perdeu o ritmo do jogo”, lamentou Mounie, que fez questão de apontar também os acertos.

“O que é importante é focar o lado positivo, ele mostrou bom nível e só errou na administração do jogo. Por isso a confiança dele deve se manter, pois o saldo foi bom”, completou.

Logo depois, Hugo Calderano (74º) não deu chances a Supanut Wisutmaythangkoon: 3 a 0, parciais de 11/8, 11/7 e 11/8. Gustavo Tsuboi (48º) foi o terceiro brasileiro e responsável por virar o placar, com 3 a 0 sobre Sirawit Puangthip - 11/9, 11/3 e 11/9. Foi a quarta partida do paulista desde que se recuperou uma de lesão no cotovelo – a terceira no Mundial.

“Tsuboi está voltando, nessa partida passou a jogar melhor. Foi o melhor jogo dele na parte técnica, em termos de saque e recepção, tem que seguir dessa forma”, apontou Jean-René.

Por último, Calderano superou Padasak Tanviriyavechakul também por 3 a 0 (11/8, 12/10 e 11/6) e chegou à sua sexta vitória no torneio sem perder sets. O desempenho seguro foi destacado pelo técnico francês.

“O Hugo está seguindo o mesmo caminho desde início. Ele está jogando muito bem e não teve problemas contra adversários perigosos”, elogiou o treinador.

O resultado deixou o Brasil com oito pontos, na liderança do grupo E. Para garantir o primeiro lugar, na última rodada da fase inicial o adversário será o Irã, segundo colocado, às 8h30 desta quarta-feira (2).

“Com certeza é muito importante ganhar do Irã porque esse jogo vai decidir o primeiro lugar do grupo, e consequentemente uma vaga direta nas quartas de final”, lembrou Jean-René, antes de destacar os principais jogadores adversários.

“Vai ser um jogo difícil. O Noshad era 40 do mundo há pouco tempo, mesmo tendo caído bastante isso significa que ele tem capacidade de vencer os melhores. O Nima também está jogando muito bem, mas por outro lado nós também estamos prontos”

Além de Nima Alamian (124º), campeão individual do Aberto da Bélgica, onde também levou o título das duplas com Noshad Alamiyan (134º), também fazem parte do time Afshin Noroozi (232º), Seyed Pourya Omrani (408º) e Mohammadreza Akhlaghpasand.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br