Mundial por Equipes: Masculino estreia com vitória e meninas demonstram foco

28/02/2016 04:34

Brasileiros derrotaram a Holanda e meninas voltam à mesa ainda neste domingo

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 27/02/2016

A seleção brasileira começou bem sua trajetória no Mundial por Equipes 2016, em Kuala Lumpur, na Malásia. Entre os homens, neste sábado (27), o time venceu a Holanda por 3 partidas a 1, enquanto as meninas foram superadas pela Coreia do Norte, por 3 jogos a 0.

Hugo Calderano (74º) começou vencendo Rajko Gommers (325º) por 3 a 0 (11/3, 13/11 e 11/3) e Cazuo Matsumoto (132º) superou aurens Tromer (310º) também em sets diretos (11/3, 12/10 e 11/5).

"Hugo teve um foco muito bom, ganhou seus dois jogos sem problema nenhum. Ele achou diratamente o tempo e o ritmo do jogo. Cazuo fez um jogo sério, sacou muito bem e conseguiu impor o estilo de jogo que gosta", declarou o técnico Jean-René Mounie.

Na sequência, Gustavo Tsuboi (48º) foi vencido por Ewout Oostwouder (320º), 3 a 2 (7/11, 11/9, 7/11, 11/6 e 11/9), antes de Calderano bater Tromer  por 3 a 0 (11/8, 11/5 e 11/8) para assegurar o triunfo.

"O Gustavo encontrou problemas, após quatro meses parado, para administrar bem o jogo e fazer as melhores escolhas, com qualidade no momento certo. Mesmo assim ele teve oportunidade de fechar o jogo no quinto set, e não sentiu as dores no braço que estava sentindo. Sei que ele tem força mental para superar isso e encontrar o seu melhor jogo", comentou o treinador.

A equipe que ainda conta com Thiago Monteiro (124º)  só retorna à ação na madrugada de segunda-feira (1º de março), quando enfrentam o Canadá, às 2h, e a Bélgica, às 8h30, ainda pelo grupo E.

Time feminino recebe elogios do treinador Hugo Hoyama

O técnico Hugo Hoyama reconheceu o bom início de Lin Gui (130ª colocada no ranking mundial), que perdeu para Ri Mi Gyong (70ª) por 3 a 0 (11/7, 11/8 e 11/6); Caroline Kumahara (132ª), que caiu diante de Ri Myong Sun (37ª) por 3 a 1 (11/2, 7/11, 11/8 e 11/5); e finalmente Ligia Silva, que parou em Kim Song I (89ª), por 3 a 1 (11/5, 12/14, 11/7 e 11/4. Para o comandante, as brasileiras tiveram postura de vencedoras.

“A Carol e a Ligia enfrentaram duas jogadoras de estilo “cato”, defensivas. No final acho que podemos dizer que foi uma boa estreia. Claro que estrear com derrota nunca é bom, mas elas demonstraram uma boa atitude, todas jogaram bem, mas por mérito das adversárias acabaram superadas”, elogiou o treinador da equipe.

Na próxima rodada, às 8h30 (horário de Brasília) deste domingo (28), a seleção feminina encara a forte equipe japonesa, pelo grupo B.

“Sabemos que o Japão é uma das candidatas ao título, mas é colocar na cabeça que precisamos ter a mesma atitude e nos manter muito concentrados para tentar uma zebra”, apontou Hoyama.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

 

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br