No Top 20 mundial, Hugo Calderano chega 'bem confiante' ao Aberto da Hungria

17/01/2017 17:10

Brasileiro garante que vai lutar para manter a boa fase, mas lembra adversários difíceis na competição

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 17/01/2017

Defender a seleção brasileira em uma etapa de circuito mundial não é novidade para Hugo Calderano. Porém, o Aberto da Hungria, que começará para ele na próxima quinta-feira, será diferente. O jovem chega, pela primeira vez, como um dos 20 melhores mesatenistas do mundo, ranking alcançado em janeiro deste ano. 
 
Na última temporada, Calderano teve resultados históricos. Ele chegou às oitavas de final da Rio 2016, igualando Hugo Hoyama em Atlanta 1996 (melhor campanha de um brasileiro em Jogos Olímpicos até então), conquistou a prata no individual do Aberto da Áustria - etapa Major, em uma final inédita para o Brasil, e chegou ao ouro nas duplas, ao lado de Gustavo Tsuboi, no Aberto da Suécia - etapa Major.
 
"Vou chegar bem confiante no Aberto da Hungria. Venho jogando bem e espero manter a boa fase, mas, com certeza, há muitos jogadores fortes que podem surpreender nessa competição também", disse o Hugo, que completou:
 
"Acho que consegui subir de uma forma bem rápida no ranking e fico feliz com isso. Vou manter o trabalho forte para melhorar ainda mais e chegar mais perto do topo".
 
O Aberto da Hungria contará com nomes como o do bielorússo Vladimir Samsonov (8º no ranking mundial), do francês Simon Gauzy (14º), do dinamarquês Jonathan Groth (35º) e do nigeriano Quadri Aruna (25º). Além de Calderano, Gustavo Tsuboi, Cazuo Matsumoto, Thiago Monteiro, Victor Ishiy e Lin Gui são os representantes do Brasil na competição.
 
A temporada promete ser movimentada para Calderano, entre compromissos pelo Brasil e pelo Ochsenhausen (ALE). Em breve, inclusive, as competições europeias das quais ele participa vão entrar na fase decisiva, momento importante para o brasileiro, porém, ele não esconde o foco no Mundial.
 
"Tenho muitos jogos em 2017, então vou pensar passo a passo. A Bundesliga e Champions League estão chegando nas fases eliminatórias, que é quando fica mais interessante e são os jogos que esperamos durante toda a temporada. Mas, com certeza, o principal campeonato é o Mundial em Düsseldorf (ALE)", salientou.
 
Na última segunda-feira, Calderano renovou contrato com o Ochsenhausen até 2019. Ele está no clube desde maio de 2014 e, pelas redes sociais, celebrou o novo vínculo.
 
"Muito orgulho de fazer parte deste time", publicou.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM