Pan-Americano Juvenil: Seleção emplaca todos os brasileiros na fase principal do individual

23/06/2017 18:04
Eduardo Tomoike, Sergio Bignardi e Tamyres Fukase disputaram a fase de grupos e avançaram; Bruna Takahashi, Alexia Nakashima, Siddharta Alemeida e Carlos Ishida já estavam classificados
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 23/6/2017
 
Foto: ITTF
 
Depois da conquista das duas medalhas de prata no torneio por equipes, o Brasil continua fazendo um grande campeonato no Pan-Americano Juvenil, que está sendo disputado em Buenos Aires, na Argentina. Nesta sexta-feira (23), a seleção garantiu todos os brasileiros participantes na fase principal do torneio individual. Tamyres Fukase, Eduardo Tomoike e Sergio Bignardi disputaram e passaram da fase de grupos, enquanto Bruna Takahashi, Alexia Nakashima, Siddharta Almeida e Carlos Ishida já estavam automaticamente classificados por conta da colocação deles no ranking da competição.
 
Pelos 16 avos de final do torneio feminino, Tamyres enfrenta Adriana Diaz, de Porto Rico, neste sábado (24), às 14h30 (horário local e de Brasília). No mesmo horário, Alexia encara a peruana Isabel Duffoo. Bruna mede forças com a mexicana Clio Marcenas, às 15h15. Pela mesma fase, no masculino, Siddharta vai à mesa contra o argentino Santiago Lorenzo, às 16h. Já Carlos, Sergio e Eduardo entram em ação, às 16h45, contra o peruano Felipe Duffoo, o chileno Nicolas Burgos e o canadense Edward Ly, respectivamente.
 
Na fase de grupos do torneio individual feminino, Tamyres, que estava no Grupo 9, venceu duas de três partidas e, com isso, terminou na segunda colocação do quadrangular. A brasileira bateu a argentina Daniela Zapatero por 3 sets a 1 (8/11, 11/3, 11/3 e 15/13) e a atleta de Barbados, Marissa Alleyne, 11/2, 11/5 e 11/3. A derrota de Fukase ocorreu no confronto contra a guatemalteca Hidalynn Zapata que terminou 3 a 2. As parciais foram: 7/11, 11/8, 5/11, 11/6 e 11/6.
 
No masculino, Eduardo terminou na liderança do Grupo 5. Ele venceu seus dois confrontos: 3 a 0 (11/9, 11/2 e 11/5) contra o mexicano Layan Neumann e 3 a 0 (11/4, 11/8 e 11/5) contra o argentino Alexis Orencel. Pelo Grupo 2, Sergio Bignardi avançou ao ter ficado na vice-liderança do triangular. O brasileiro derrotou o argentino Luciano Alto por 3 a 2 (11/7, 7/11, 13/11, 8/11 e 11/4) e foi batido pelo chileno Andres Martinez por 3 a 0 (11/8, 11/7 e 11/6).
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br