Parapan de Jovens: Tênis de mesa garante ouro e prata no primeiro dia de competição

22/03/2017 09:12

Lethicia Lacerda foi a campeã na Classe 7-8, enquanto Camila Ribeiro ficou com a prata na Classe 3-4

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 22/03/2017

Foto: Leandro Martins/CPB/MPIX
 
O tênis de mesa brasileiro já começou a campanha no Parapan de jovens com dois pódios. Já no primeiro dia de competição, Lethicia Lacerda chegou ao lugar mais alto do pódio na disputa individual na Classe 7-8 e Camila Ribeiro garantiu a prata no individual da Classe 3-4.
 
Lethicia (foto) foi arrasadora no grupo e não perdeu nem um set sequer. Ela derrotou a colobiana Juliana Valbuena Diaz por 3 sets a 0 (11/3; 11/7 e 11/7), a argentina Aylen Daniela Schevintt pelo mesmo placar (11/1; 11/0 e 11/3) e ainda despachou a venezuelana Edith Julieth Capacho Lizarazo (12/10; 11/5 e 11/3).
 
Já Camila, perdeu apenas um jogo dos três que disputou. Ela foi derrotada pela colombiana Manuela Guapi Guzman por 3 sets a 0 (11/3; 11/5 e 11/8), mas bateu a mexicana Claudia Angelica Banuelos Lopez por 3 sets a 0 (11/3; 11/4 e 11/9) e a também brasileira Maria Laura de Freitas por 3 sets a 2 (3/11; 11/7; 11/7; 7/11 e 11/8).
 
E mais medalhas podem ser conquistadas pelo Brasil. Gustavo Alexandre Laskosky está na semifinal da Classe 7 após boa campanha no grupo, quando passou por todos os adversários por 3 sets a 0. Ele venceu o argentino Aleksy Nicolas Kaniuka, que era o cabeça de chave, com parciais de 11/7; 12/10 e 11/7, o costa riquenho Hernan Rojas com 11/6; 11/3 e 11/6 e o venezuelano David Joseph Scantlebury Marque por 11/5; 11/0 e 11/3. O adversário desta próxima fase sairá do confronto entre o canadense Gabriel Seguin e o colombiano Cristian Camilo Baena Aguilar.
 
Outro que está na semifinal é Lucas Carvalho, da Classe 10. Ele também venceu todos os jogos no grupo por 3 a 0, tendo batido o mexicano Martin Urie Morales Hernandez com parciais de 11/0; 11/3 e 11/1 e o venezuelano Henrry Antonio Roso Blanco por 11/1; 11/1 e 11/2. Na briga por uma vaga na final, ele vai encarar Josue Damian Mora Regalado, de El Salvador.
 
Marlison Alfaia, da Classe 6, está a uma vitória de conquistar a prata. Em disputa em fase única, ele perdeu para o chileno Matias Nicolas Pinõ Lorca, campeão do Parapan de Toronto 2015 e grande favorito, por 3 sets a 0 (11/5; 11/4 e 11/5) e venceu o colombiano Michael David Ariza Sanchez por 3 a 0 (11/7; 11/5 e 11/5) e o equatoriano VERA Jim Jazmani Anchundia por 3 a 1 (7/11; 11/9; 11/2 e 11/4). Para garantir o lugar no pódio, ele terá pela frente o chileno Ignacio Hernan Tores Orostica.
 
Medalhista de bronze por equipes Classes 6-10, Danielle Rauen também está perto de garantir um lugar entre os três melhores do Parapan de Jovens. Ela está na semifinal, onde vai encarar a vencedora do confronto entre a mexicana Jeanelly Scarlett Gongora Magana e a colombiana Leidy Tatiana Riveira Roldan. Na fase de grupo, ela bateu a argentina Juliana Ailen Frutos por 3 a 0 (11/5; 11/1 e 11/4) e a venezuelana Cindy Nazareth Sosa Reyes pelo mesmo placar (11/1; 11/5 e 11/5).
 
Confira todos os resultados do primeiro dia de competição neste link.
 
O tênis de mesa conta com 17 atletas no Parapan de Jovens, que acontece no CT Paralímpico de São Paulo.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.b