Paulistas dominam as disputas nas categorias de base no primeiro dia do Brasileiro

27/11/2018 21:46

SP faturou no infantil e mirim nos dois gêneros, juvenil feminino e juventude masculino. Catarinenses vencem no juvenil masculino e paranaenses no super pré-mirim.

 

Concórdia (SC), 27 de novembro de 2018.

CLAUDIA MENDES E LUCAS MATHIAS *

A seleção paulista dominou as disputas nas categorias de base na disputa de equipes do Campeonato Brasileiro, em Concórdia (SC). Os mesa-tenistas do estado faturaram o ouro em seis das oito categorias menores: infantil e mirim (masculino e feminino em ambos), juvenil feminino e juventude masculino. Santa Catarina conquistou o título do juvenil masculino e o Paraná levou a melhor no super pré-mirim masculino.

Na final do infantil masculino, Henrique Noguti, Matheus Braz, Luigi Yamane e Vinicius Tocura bateram a equipe do Paraná, formada por Joon Shim, João Vitor Pereira, João Lucas Tanno e Alan Tomimori, por 3 a 1. Na decisão das meninas, Melissa Arakaki, Fabiana Shintate, Rebeca Daniello e Gisele Cunha superaram a seleção catarinense, formada por Maria Eduarda Magagnin, Maria Comin, Alany Brandão e Maria Clara da Silva, por 3 a 2.

Os meninos e meninas de São Paulo foram vencedores também no mirim. No masculino, Thiago Uieda, Leonardo Iizuka, Nicolas Nishimura e Marcello Souza derrotaram Santa Catarina, de Guilherme Marchiori, Eduardo Fragoso, Marco Possamai e Abimael Araújo, por 3 a 1. No feminino, Beatriz Kanashiro, Sofia Kano, Laís Kurotobi e Beatriz Fiore bateram as catarinenses Laira Silva, Érica Peters, Katherine Ferreira e Fernanda Mohr, por 3 a 1.

Na final do juvenil feminino, as paulistas Beatriz Kimoto, Karin Tsumura, Laís Yuta e Giovanna Grilo superaram a equipe gaúcha, formada por Daniela Yano e Tainara Tanaka, por 3 a 2. "Foi uma vitória justa, apesar das dificuldades. Elas tinham uma atleta mais experiente e as partidas foram mais parelhas. Mas mantivemos a tranquilidade. Isso foi importante", disse Karin.

Na final da categoria juventude masculino, a seleção paulista era formada por Thiago Pradella, Lucas Carvalho, Paulo Stein e Leonardo Fogaça. Eles derrotaram a equipe do Paraná, com Ygor Viana, William Yip e Rahylan de Andrade, por 3 a 0. "Foi o título da superação. Totalmente diferenciado. Estou me recuperando de uma lesão na lombar. Fiquei trinta dias parado. Mas agora é comemorar", revelou Pradella.

No juvenil masculino, os catarinenses Enzo Nakashima, Lauro Sebold, Gustavo Marchiori e Henrique França derrotaram a seleção de São Paulo, com Diogo Silva, Pedro Rodrigues, Gustavo Kodama e Richard Pinheiro, por 3 a 1. No super pré-mirim, a única categoria de base sem paulistas na decisão, os paranaenses Felipe Lara, Yan Dezanet, Felipe Lima e André Lima bateram os catarinenses Caio Eliseu, Vicente Dalmass, Oliver Neves e Jorge Henrique da Silva, por 3 a 1.

 

*Lucas Mathias, estagiário sob a supervisão da equipe da Assessoria de Comunicação

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.
 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

                                                         

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa