Por apoio a Saive em eleição da ITTF, representantes do governo belga visitam CBTM

06/04/2017 15:16

Embaixador no Brasil e Cônsul-Geral no Rio de Janeiro estiveram em reunião na sede da instituição nesta quinta-feira 

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 06/04/2017

Alaor Azevedo, presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) recebeu, nesta quinta-feira (6), na sede da instituição, a visita de Dirk Loncke, embaixador da Bélgica no Brasil, e Jean Paul Charlier, Cônsul-Geral da Bélgica no Rio de Janeiro. Esteve no compromisso também Walquiria San-Thiago, gerente geral de operações e relações externas. A intenção do encontro era conquistar apoio à candidatura do ex-mesatenista Jean-Michel Saive à presidência da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF).
 
Durante a reunião, foi entregue a Alaor o plano de governo que Saive pretende implementar caso seja eleito, além de um livro sobre a Bélgica. Dirk Loncke e Jean Paul Charlier receberam uma lembrança da CBTM.
 
"Saive vencer essa eleição é muito importante para a Bélgica. Ele foi um atleta que conquistou grandes resultados e acreditamos que, com essa experiência, pode ajudar muito a mudar o rumo, dar uma nova direção ao esporte em nosso país", disse Dirk Loncke.
 
O presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa salientou nunca ter visto um apoio tão forte do governo de um país para um candidato à ITTF, ressaltando que Saive também tem apoio no mundo do esporte.
 
"Já recebemos ofícios dos Comitês Olímpicos dos países por e-mail e essas coisas, mas um apoio como esse, contando até com o Primeiro-Ministro da Bélgica, não havia visto ainda. Isso é muito legal e engrandece o tênis de mesa como um todo. Ele também é muito amigo do ex-presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional) Jacques Rogge, que vem ajudando ele também"
 
Alaor apontou que já chegou a conversar com o ex-atleta belga anteriormente, em que pôde contar um pouco do que imagina implementar na modalidade na América Latina - o brasileiro é um dos membros da diretoria da ITTF e um dos representantes da América Latina.
 
"Já estive com o Saive em outras oportunidades e conversei sobre algumas ideias que tenho para o tênis de mesa brasileiro e da América Latina. A principal delas é a Universidade do Tênis de Mesa, que é um projeto que acredito que pode fazer a modalidade evoluir muito. A intenção é colocar a experiência do Brasil e de outros países em prol do esporte, para dissiminar isso. É um projeto para ter um intercâmbio com outros esportes e outras áreas, buscando uma evolução", avisou. 
 
Apesar de tudo isso, o mandatário da CBTM garante que ainda não definiu quem apoiará no pleito da Federação Internacional de Tênis de Mesa:
 
"Ainda estamos avaliando. Temos um relacionamento muito bom o Thomas (Weikert, atual presidente da ITTF e um dos candidatos). Há também o Khalil Al-Mohannadi, do Catar, na disputa e que estava esperando algumas definições. Tem o Saive...".
 
A eleição para presidente da ITTF acontece no dia 31 de maio, durante a Copa do Mundo de Tênis de Mesa, que acontecerá em Düsseldorf.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br