Presidente da Fesporte quer levar o Brasileiro para Santa Catarina

19/05/2012 19:15

A realização de uma etapa do Circuito Copa Brasil na cidade de Concórdia foi apenas o primeiro passo. O Presidente da Fesporte, Fundação Catarinense de Esporte, Pecos Borsatti, comemorou o sucesso da competição e prometeu se empenhar ao máximo para levar o Campeonato Brasileiro de Tênis de Mesa para Santa Catarina.

--- Nossa missão é facilitar a execução do esporte catarinense, através da realização de programas e projetos esportivos. Um evento desse porte, com mais de 400 atletas, em uma cidade que fica a mais de 500 km da capital, mostra que temos condições e estrutura de irmos mais longe ainda --- garantiu.

Na noite de sexta-feira, Pecos Borsatti participou de uma importante reunião com o Presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, Alaor Azevedo, o Líder de Eventos Edir Oliveira, o Presidente da Federação Catarinense Vilmar Schindler e o Coordenador Nacional do projeto de Detecção de Talentos, Nelson Machado.

Entre outros assuntos foram discutidos meios para ajudar no desenvolvimento da modalidade na região, o que inclui a realização de competições cada vez maiores. Santa Catarina já mostrou ter potencial para isso, agora restam acertar alguns detalhes para que seja incluída definitivamente no circuito brasileiro e internacional.

--- Queremos fazer parte do calendário da CBTM e não vamos medir esforços para tentar levar para Santa Catarina o Campeonato Brasileiro e outros eventos importantes, que envolvam atletas de outros países também --- afirmou  Borsatti.

Para atender a demanda esportiva catarinense, a Fesporte conta, além da equipe administrativa, com uma equipe técnica ligada à Diretoria de Esporte, dividindo-se em três áreas gerenciais: esporte de rendimento, esporte de participação e esporte educacional. No total, entre comissionados, servidores efetivos, terceirizados e os 36 integradores esportivos, são 102 servidores públicos.