Primeiro mesatenista a estar na Comissão de Atletas do COB, Hoyama celebra oportunidade

10/03/2017 11:13
Experiente, o técnico da seleção brasileira feminina salientou 'responsabilidade muito grande'
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 11/03/2017

Foto: Chistian Martinez/RGB Studios/CBTM
 
Pela primeira vez, um mesatenista vai compor a Comissão de Atletas do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Hugo Hoyama, atual técnico da seleção brasileira feminina, foi um dos 15 mais votados para integrar o grupo, que realizará o trabalho no ciclo olímpico visando Tóquio/2020. Ele estará ao lado de nomes como Duda Amorim, do handebol, Fabiana Murer, do atletismo, Poliana Okimoto, da maratona aquática, Arthur Zanetti, da ginástica artística, entre outros.
 
Acostumado a disputar grandes competições, Hoyama, um dos maiores medalhistas brasileiros em Pan-Americanos, com 10 ouros, uma prata e quatro bronzes, ressalta que é um grande compromisso fazer parte da Comissão de Atletas do COB e espera ajudar o esporte do país da melhor maneira possível.
 
Ele acredita que o fato de ter defendido a seleção brasileira de tênis de mesa até pouco tempo atrás, e ainda disputar algumas competições, pode ajudar nesta nova função.
 
"É uma responsabilidade muito grande poder ajudar o esporte brasileiro, fazendo parte dessa comissão onde há outros grandes nomes do nosso esporte. Vou fazer o meu máximo, até porque o importante é ajudar o esporte brasileiro de uma forma geral, cada integrante não ficará focado somente na sua modalidade de origem. Acredito que por ter atuado até há pouco tempo como atleta da seleção, posso ajudar. Além disso, ainda disputo algumas competições e acompanho de perto muitos torneios", disse.
 
A Comissão terá como objetivo, ser um canal de comunicação entre os atletas e o COB; estabelecer um ambiente de discussão onde atletas possam compartilhar e discutir informações e ideias sobre Jogos Olímpicos e competições como Pan-Americano e Sul-Americano; oferecer sugestões sobre assuntos relacionados ao Movimento Olímpico; colocar em pauta a adoção dos melhores modelos, técnicas e interesses dos atletas olímpicos e formular recomendações a este respeito, entre outros pontos.
 
Ídolo do tênis de mesa brasileiro, Hugo Hoyama teve, nos Jogos Olímpicos Rio 2016, a primeira oportunidade como treinador. Em retrospectiva feita pelo site da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), ele se mostrou bastante emocionado com o carinho recebido dos presentes ao Pavilhão 3 do Riocentro, mesmo estando fora da área de jogo.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br