Recheada de expectativa, Joaçaba faz ajustes finais para o Brasileiro

27/10/2014 15:48

Cidade de Joaçaba vive expectativa para realizar o campeonato brasileiro de duplas e equipes

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 27/10/2014

A última grande competição do calendário da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) vai começar. A partir desta quarta-feira (29/10), a cidade de Joaçaba (SC) vai receber atletas de todas as partes do país para o Campeonato Brasileiro de Duplas e Equipes, que se encerrará no domingo (02/11).

Serão três tipos de disputa nas categorias olímpicas e paralímpicas: duplas, equipes de clubes e equipes de seleções estaduais, divididas entre os dias de competição.

Os primeiros a buscarem as medalhas serão as duplas, que definirão os vencedores logo no primeiro dia. Estão inscritos 312 atletas de 58 clubes nessa categoria de disputa. Após o domínio total no Campeonato Brasileiro, quando faturou o ouro nas principais categorias, o São Caetano/Seest/Xiom-SP é o clube com maior número de participantes: 16 no total.

Estado anfitrião, Santa Catarina contará com treze entidades representantes. Com o crescimento da modalidade na região, a expectativa é de que o torneio seja exemplar e que a experiência de todos os envolvidos seja a melhor possível.

“Estamos com uma expectativa muito grande. São mais de 30 pessoas envolvidas na organização e, dentro da nossa simplicidade costumeira, esperamos fazer o melhor evento de todo o ano aqui em Joaçaba”, disse Anderson Silva, diretor técnico da Associação de Tênis de Mesa de Joaçaba-SC.

“Temos um histórico de realização de eventos esportivos e culturais. Em determinadas épocas recebemos muitos turistas, então já temos essa cultura hospitaleira. Possuímos instalações esportivas muito boas também”, completou.

Além do impacto econômico que a presença de tantos atletas e envolvidos na organização terá, um ponto destacado por Anderson é a possibilidade de uma maior massificação da modalidade.

“Algo muito importante para nós é a possibilidade de massificação do tênis de mesa. Esperamos atrair mais participantes e consolidar a importância desse esporte para nós”, explicou.

Foco na base ajuda no desenvolvimento da modalidade

Um dos pilares do desenvolvimento da modalidade na região é o trabalho focado na base e na iniciação dos atletas. Nascido em Santos (SP) e casado com uma mesatenista catarinense, Humberto Manhani vai representar a Fundação Municipal de Criciúma-SC em Joaçaba. Ele destaca a forma como os municípios trabalham para alavancar o tênis de mesa.

“As prefeituras em Santa Catarina investem bastante no tênis de mesa através das fundações municipais, principalmente no trabalho de base, na iniciação dos atletas. Esse trabalho mantém o esporte vivo e em desenvolvimento”, disse Manhani.

“Os estaduais também são fortes, com muitos jogadores. O pessoal leva muito a sério o esporte, realiza diversos campeonatos e isso ajuda a manter a competitividade. Além disso, há grandes treinadores trabalhando em Santa Catarina”, completou.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/TMBrasil

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM

imprensa@cbtm.org.br