Seleção brasileira de tênis de mesa faz primeiro 'treino olímpico'

01/08/2016 20:39

Delegação chegou à Vila no começo da tarde desta segunda-feira e teve uma boa impressão das estruturas experimentadas

Do Riocentro, no Rio de Janeiro - 01/08/2016

Foto: Ministério do Esporte

Começaram os Jogos Olímpicos para o tênis de mesa brasileiro! Nossa seleção teve uma segunda-feira (1) bastante agitada para entrar mais ainda no clima do evento. A delegação entrou na Vila Olímpica no começo da tarde e, pela noite, realizou o primeiro treinamento no Riocentro, no Recreio, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde acontecerão os confrontos na busca por um lugar ao pódio. Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi, Cazuo Matsumoto, Caroline Kuhamara, Lin Gui e Bruna Takahshi suaram a camisa do Time Brasil neste início de caminhada na Cidade Maravilhosa.
 
Para Caroline Kumahara, esse primeiro contato com a estrutura olímpica dá ainda mais animação ao grupo brasileiro, que está na reta final de preparação.
 
"Neste primeiro dia é quando dá o baque e cai a ficha de que chegamos até aqui. A gente vê todo mundo, os outros atletas treinando... Mas eu acho que, nos próximos dias, a tendência é acalmar os ânimos (risos)", disse.
 
Gustavo Tsuboi, por sua vez, ressalta que os atletas terão essa semana para adaptação em relação ao ginásio de competição.
 
"Essa última fase é correria. A estrutura do ginásio está ótima. Foi uma boa primeira impressão, estrutura sensacional. O ginásio dá condições para os atletas desenvolverem o melhor nível. Esses dias que precedem a competição vão servir para nos adaptarmos ao ginásio, ao clima e alinharmos os últimos detalhes", afirmou o atleta.
 
Experiente, Hugo Hoyama, técnico da equipe feminina, ressalta que a entrada na Vila é benéfica por abaixar a adrenalina das atletas em relação às novidades que estavam por vir.
 
"Acredito que acaba com a ansiedade de entrar na Vila, de ir ao ginásio. Agora, elas treinaram, já sentiram o clima da Vila e isso é muito importante para que se possa trabalhar bem e chegar no dia da estreia bem mais preparada", salientou.
 
Já Jean-René Mounie, comandante do time masculino, acredita que a seleção terá o tempo ideal para realizar o trabalho em busca dos resultados positivos, lembrando que a aclimatação se faz necessária.
 
"Acho que chegamos em um bom tempo antes dos Jogos Olímpicos. No período de preparação no Rio (11 a 17 de julho, na Urca), tínhamos um clima. Quando fomos para São Caetano, tivemos outro, mais frio. Agora, eles terão novamente um clima mais quente, mais próximo do que terá nas disputas. Isso é importante. Ainda temos cinco dias e este foi apenas o início dessa reta final de preparação", afirmou.
 
Mais nova da história do tênis de mesa brasileiro a disputar uma Olimpíada, Bruna Takahashi mostrou que está bastante concentrada nas partidas que terá pela frente.
 
"Foi um bom dia, nossa equipe treinou bem. A Vila tem uma ótima estrutura, é bem grande, mas o nosso foco está aqui no ginásio", elogiou a mesatenista.
 
A disputa do tênis de mesa nos Jogos Olímpicos acontecerá entre os dias 6 e 17 de agosto. O sorteio dos confrontos acontecerá na próxima quarta-feira.
 

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br