Sul-Americano Infantil/Juvenil: No individual, Brasil volta a figurar no lugar mais alto do pódio

23/03/2017 09:48

Livia Lima levou ouro no infantil feminino, enquanto Diogo Silva levou no masculino

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 23/03/2017

Foto: ULTM

O Brasil voltou a subir no lugar mais alto do pódio no Sul-Americano Infantil/Juvenil. Desta vez, no torneio individual! Livia Lima levou o ouro no feminino infantil, enquanto Diogo Silva foi o campeão no masculino, em final brasileira. Desta forma, a delegação verde e amarela terminou a competição com um total de 12 troféus - já tinha conquistado todos os títulos por equipes e duplas (veja abaixo).
 
Depois de passar na primeira colocação do Grupo 1, que tinha também a peruana Rosalyn Leon e a paraguaia Rebeca Cuenca, a brasileira derrotou a venezuelana Mariannis Navarro por 3 sets a 0 (11/7; 11/8 e 11/5). Nas quartas, passou pela equatoriana Mylena Plaza por 3 a 2 (12/10; 11/2; 5/11; 10/12 e 11/9). Na briga para chegar à decisão, eliminou a compatriota Beatriz  Kimoto por 3 a 0 (11/5; 11/6 e 12/10).
 
Na final, Livia Lima teve de encarar a chilena Valentina Rios e, apesar do jogo equilibrado, garantiu o troféu ao vencer por 3 a 2, de virada (10/12; 11/7; 5/11; 11/7 e 11/3).
 
Diogo Silva passou em primeiro no Grupo 3, onde teve a companhia do equatoriano Neycer Robalino, do venezuelano Luis Vanegas e do paraguaio Jorge Riveros. Nas oitavas de final, o brasileiro venceu o argentino Luciano Alto por 3 a 1 (11/4; 13/11; 5/11 e 11/5). Já na fase seguinte, duelou com o venezuelano Angelo Millan, triunfando por 3 a 0 (11/7; 11/4; 11/5). Na semifinal, despachou o colombiano Santiago Montes após vitória por 3 a 0 (11/7; 11/5 e 11/9).
 
Na briga pelo ouro, uma disputa brasileira. Diogo Silva e Kenzo Carmo fizeram uma grande partida, mas Diogo saiu conseguiu bater o adversário por 3 a 0 (11/6; 11/6 e 11/9).
 
Veja todos os resultados do Sul-Americano Infantil/Juvenil através deste link.
 
VEJA MAIS:

> Sul-Americano Infantil/Juvenil: Após levar todos os ouros nas equipes, Brasil conquista todos nas duplas  

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br