Treinador da seleção elogia participação brasileira no Pan e exalta campanha de Bruna Takahashi

29/06/2017 17:10
Nelson Kusuoka acompanhou a delegação em Buenos Aires, onde foi realizado o campeonato juvenil
 
Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 29/6/2017
 
Foto: Divulgação/Facebook
 
O Brasil fez uma grande campanha no Campeonato Pan-Americano Juvenil, que foi disputado até o último final de semana, em Buenos Aires, na Argentina. A seleção brasileira ficou na segunda colocação geral da competição, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Nelson Kusuoka, treinador que acompanhou a delegação do Brasil, fez um balanço positivo da participação verde e amarela e destacou o desempenho de Bruna Takahashi. A atleta conquistou três ouros e uma prata.
 
“A Bruna mostrou que vem evoluindo a cada competição. Na final do individual, contra a Adriana Diaz, cabeça de chave número 1 e a atual número 83 do ranking Mundial, sabia que seria um jogo muito equilibrado e disputado. Tanto é que no último e decisivo set, Bruna estava perdendo por 10 a 4, teve muita garra, tranquilidade e maturidade para fazer oito pontos seguidos e fechar o set em 12 a 10 e o jogo em 4 a 3”, disse o treinador, que completou:
 
“Com certeza, foi uma virada histórica, ainda mais contra uma adversária como Adriana. Bruna, além de conquistar seu primeiro título Panamericano individual e a vaga para o Mundial, mostrou que pode jogar muito bem e vencer uma atleta top 100”.
 
Bruna ficou na primeira colocação no torneio individual, nas duplas mistas (ao lado de Siddharta Almeida) e nas duplas femininas (com Alexia Nakashima), enquanto a prata foi faturada no torneio por equipes (ao lado de Alexia e Tamyres Fukase).
 
Além dessas medalhas, o Brasil conquistou mais três pratas: Carlos Ishida no torneio individual masculino; Carlos e Alexia nas duplas mistas; e o time masculino (Siddharta, Carlos e Eduardo Tomoike) no torneio de equipes.
 
O treinador da delegação brasileira no Pan-Americano Juvenil elogiou também a participação do grupo no torneio por equipes e apontou, com o resultado nos dois naipes, a classificação deles para o Campeonato Mundial Juvenil, que vai ser disputado em Riva Del Garda, na Itália, entre 26 de novembro e 3 de dezembro.
 
“A participação do Brasil foi muito positiva, principalmente pela classificação das equipes para o Mundial na Itália. Uma competição muito difícil, por estar presente os melhores times das Américas no Pan. O Brasil teve um bom desempenho e as equipes se mostraram ser uma equipe bem regular e muito aguerrida”, finalizou.
 
A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) – Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal – Ministério do Esporte.
 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa
TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm
INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

iDigo | Assessoria de comunicação CBTM
imprensa@cbtm.org.br