Notícia

Hugo Calderano faz grande jogo contra chinês, mas se despede do WTT de Macau

Brasileiro perdeu por 3 a 2 para Wang Chuqin, com chances reais de vencer o confronto no último torneio internacional da temporada

Hugo Calderano foi derrotado por chinês no WTT de Macau. Foto: ITTF.

Por Assessoria de Imprensa - CBTM

27/11/2020 11h06


O brasileiro Hugo Calderano fez uma grande partida contra o chinês Wang Chuqin, número 12 do ranking mundial, em sua despedida do WTT de Macau. Teve chances reais de vencer o confronto da manhã desta sexta-feira (27), mas acabou caindo nas quartas de final, por 3 a 2 (10/11, 11/8, 4/11, 11/7 e 9/11), no torneio de encerramento da temporada internacional do tênis de mesa em 2020.

No WTT de Macau, Calderano esteve perto de vencer os três chineses que enfrentou. No grupo dos cabeças de chave, ele também perdeu por 3 a 2 para Xu Xin e Lin Gaoyuan, números 2 e 5 do mundo, respectivamente. Os chineses dominam as semifinais nos torneios masculino e feminino: apenas um atleta entre os homens (o sueco Mattias Falck) conseguiu chegar na próxima fase.

Na partida desta sexta-feira, o brasileiro começou bem, confirmando o serviço e abrindo 3 a 0 em seguida. Chuqin reagiu, mas Calderano voltou a dominar e chegou a ter 10 a 6 no placar, com várias oportunidades de fechar. Não conseguiu e sofreu a virada.

O jogo se mostrou equilibrado na segunda parcial, com Chuqin tendo leve vantagem. O brasileiro empatou em 8 a 8 e conseguiu fechar forçando três erros consecutivos do adversário, que pouco falhava até aquele momento, o que poderia lhe dar confiança na partida.

Mas teve uma queda grande no terceiro set. Errando demais, viu Chuqin abrir 7 a 1 e fechar em 11 a 4. Calderano voltou para o jogo no quarto set, que foi a parcial com jogadas plasticamente mais bonitas. Impondo seu estilo, contou também com a sorte, quando fez o décimo ponto em uma casquinha na mesa. Logo depois, fechou, levando a partida para o set desempate.

O brasileiro começou bem, mas logo Chuqin tomou as rédeas do confronto. Calderano ainda esboçou reação, esteve muito perto de empatar no final, mas acabou superado e se despediu do torneio.

“Que pena sair dessa luta com uma derrota. O nível foi alto, faltou um pouco de regularidade. Chato, porque o Hugo não teve segurança técnica suficiente para impor o jogo dele. Pelo menos, foi bom vê-lo desenvolver esse nível, sacando bem, recebendo bem e muito agressivo. Faltou ritmo de jogo, infelizmente. Ele vai continuar trabalhando forte para as próximas competições”, analisou o técnico de Hugo Calderano e consultor técnico da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, Jean-René Mounié.

A temporada atípica de 2020 termina com um título para Calderano, na Copa Pan-Americana, além de boas participações no ITTF Finals e no WTT de Macau, onde caiu nas quartas de final para dois adversários chineses, além de ficar nas oitavas no Aberto do Catar e na Copa do Mundo Masculina.   



FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Nelson Ayres - nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com



Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

www.facebook.com/PortalTMBrasil

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil

Confederação Filiada

Financiada pela Lei N° 10.264/2001

Patrocinadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações