Notícia

Hugo Calderano vence na estreia e vai representar o Brasil nas próximas fases do Mundial dos Estados Unidos

Brasileiro derrotou o português João Monteiro na fase de 64 da competição, em Houston; demais atletas do país se despedem dos torneios individuais e de duplas

Hugo Calderano venceu com autoridade na estreia. Foto: WTT.

Por Nelson Ayres (Fato&Ação) – Assessoria de Imprensa CBTM

25/11/2021 01h40


Hugo Calderano é o Brasil no Campeonato Mundial Individual e de Duplas de Tênis de Mesa. Único representante do país que segue vivo na disputa, o carioca, número 4 do ranking mundial, estreou com força total na fase de 64 do torneio individual masculino, na noite desta quarta-feira (24), no George R. Brown Convention Center, em Houston, nos Estados Unidos, quando venceu o português João Monteiro, de virada, por 4 a 1 (8/11, 11/4, 11/5, 11/2 e 11/6).

Na próxima fase, ele enfrentará o belga Cedric Nuytinck, 75 do mundo, na madrugada de quinta para sexta, à 0h20 (horário de Brasília), na mesa 2. Mas a posição na lista não é um indicativo de facilidade: nos dois confrontos internacionais realizados entre eles, em 2012 e 2019, o belga levou a melhor. O jogo tem transmissão ao vivo no serviço de streaming Star+, do Grupo Disney.

O início de partida diante do 78° colocado no ranking mundial não foi nada fácil. Hugo Calderano não conseguia encaixar seu jogo e foi dominado no primeiro set, perdendo por 11 a 8. E foi praticamente apenas isso que o atleta português fez na partida.

A partir do segundo set, o brasileiro foi arrasador. Venceu por 11 a 5 a segunda parcial e chegou a estar perdendo na terceira, mas emplacou uma sequência impressionante de dez pontos consecutivos para virar o placar em sets. No quarto, Calderano ameaçava abrir novamente, com 3 a 2 no placar. Monteiro pediu tempo. O resultado? Oito pontos seguidos do brasileiro. Na quinta parcial, conseguiu controlar o jogo e fechou com certa folga.

Demais se despedem

O dia não foi dos mais positivos para o Brasil no Mundial. Os demais brasileiros se despediram das disputas na fase de 64 dos torneios individuais e de duplas dos dois naipes.

As duplas foram as primeiras a cair, no início da tarde. Eric Jouti e Vitor Ishiy fizeram um jogo bastante equilibrado nos dois primeiros sets contra os suecos Anton Kallberg e Truls Moregard. Mas, não resistiram e foram superados por 3 a 1, com parciais de 13/15, 13/11, 7/11 e 7/11. Logo depois, foi a vez da outra parceria masculina do Brasil, Gustavo Tsuboi e Thiago Monteiro, que foi vencida por outra dupla sueca, Kristian Karlsson e Mattias Falck, com 3 a 0 no placar (5/11, 9/11 e 10/12).

A única dupla feminina na disputa se despediu diante de uma parceria da França. Jia Nan Yuan e Pauline Chasselin venceram Bruna Takahashi e Caroline Kumahara, por 3 sets a 0, com parciais de 9/11, 5/11 e 4/11.

Restavam os jogos individuais. E Vitor Ishiy foi o primeiro a ir para a mesa. Teve um ótimo início de partida diante do número 17 do mundo, o nigeriano Quadri Aruna, vencendo a primeira parcial por 11 a 6. Mas vacilou no início dos sets seguintes e, embora tenha conseguido boa recuperação, não conseguiu manter o ritmo nos momentos finais, deixando o adversário abrir 3 a 1.

Ishiy fez um quinto set fulminante, sem dar a menor chance ao nigeriano. Mas, voltou a cair de produção na metade final do sexto set, permitindo que o adversário fechasse em 4 a 2 (11/6, 6/11, 6/11, 5/11, 11/3 e 7/11).

Na sequência, Thiago Monteiro enfrentou um inspirado dinamarquês Jonathan Groth. O brasileiro não conseguiu impor seu jogo no início e só conseguiu reação no terceiro set, quando teve oportunidade até de fechar. No quarto set, o Guerreiro Cearense manteve o bom ritmo, mas não o suficiente para impedir a derrota por 4 a 0 (6/11, 3/11, 12/14 e 7/11).

Cabia a Bruna Takahashi, número 38 do ranking mundial feminino, a missão mais difícil da quarta-feira. Ele enfrentou a japonesa Miu Hirano, 12ª do mundo. A brasileira chegou a estar perdendo por 9 a 1 no primeiro set, mas ainda assim tentou uma reação. No segundo, Bruna equilibrou o jogo, evitou dois set points, mas ainda assim não conseguiu a virada.

Na terceira parcial, a brasileira entrou definitivamente no jogo, controlou o placar, mas sofreu a virada no fim. O quarto set foi disputado em pé de igualdade. Bruna evitou diversos set points, mas não resistiu no final: 4 a 0 (5/11, 9/11, 9/11 e 14/16).

Já na madrugada brasileira, Gustavo Tsuboi encerrou a participação do Brasil na fase de 64, diante do singapuriano Pang Yew En Koen, com derrota por 4 a 2 (11/8, 7/11, 7/11, 11/13, 11/9 e 6/11).

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Atendimento: Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Equipe de assessoria, produção de conteúdo, mídias sociais e clipagem: Nelson Ayres, José Augusto Assis e Beatriz Ayres

fatoeacaocomunicacao@gmail.com / contato@fatoeacao.com



Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

FACEBOOK/PORTAL TMB: www.facebook.com/PortalTMBrasil

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil

TIK TOK: www.tiktok.com/@cbtenisdemesa

LINKEDIN: www.linkedin.com/company/3214214

Outras Notícias

Confederação Filiada

Financiada pela Lei N° 10.264/2001

Jogo Limpo

Parceiro Oficial

Patrocinadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações