Notícia

Ranking mundial paralímpico é congelado e tem sete brasileiros no Top 10 na última atualização

País segue com vinte atletas em posições destacadas na última lista antes da paralisação dos torneios da ITTF

Cátia Oliveira é a quarta colocada na classe 2 feminino. Foto: Roberto Castro/Rede do Esporte.

Por Assessoria de Imprensa - CBTM

02/04/2020 03h55


Na última atualização antes do congelamento do ranking mundial paralímpico de tênis de mesa, o Brasil manteve a posição de destaque. Na lista de abril, divulgada pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), o país segue com sete atletas no Top 10 mundial das diversas classes e 20 mesa-tenistas em posições destacadas.

Com a paralisação dos torneios por causa da pandemia de coronavírus, não haverá mais nenhuma disputa até o final de junho, pelo menos. Com isso, a próxima atualização do ranking acontecerá, na melhor das hipóteses, no início de agosto, após os resultados de julho, se os torneios voltarem a acontecer até lá.

Como o mês de março teve poucas disputas, não houve alterações significativas no ranking paralímpico. O único torneio de grande importância realizado foi o Aberto Costa Brava, na Espanha. Seis brasileiros participariam da competição, mas com o quadro se agravando na Europa todos desistiram de viajar. Alguns dias depois, o número de casos da doença naquele país se tornou um dos maiores do planeta.

No Top 10 do ranking das várias classes, sete atletas são brasileiros: Bruna Alexandre, Cátia Oliveira, Danielle Rauen, Israel Stroh, Jennyfer Parinos, Joyce Oliveira e Welder Knaf. Bruna e Cátia são as representantes no Top 5, nas classes 10 e 2, respectivamente.

O principal objetivo do tênis de mesa paralímpico brasileiro é igualar ou superar a melhor campanha da história nas Paralimpíadas, obtida em 2016, no Rio de Janeiro. Na ocasião, nossos atletas conquistaram quatro medalhas.

Veja o panorama dos brasileiros no ranking mundial paralímpico de abril:

Atletas no Top 10 (sete brasileiros) – Cátia Oliveira (4ª classe 2 feminino), Joyce Oliveira (9ª classe 4 feminino), Danielle Rauen (8ª classe 9 feminino), Jennyfer Parinos (10ª classe 9 feminino), Bruna Alexandre (4ª classe 10 feminino), Welder Knaf (9° classe 3 masculino) e Israel Stroh (6° classe 7 masculino).

Atletas entre os 25 melhores de suas classes (13 brasileiros) – Carla Maia (12ª classe 2 feminino), Thais Severo (20ª classe 3 feminino), Marliane Santos (23ª classe 3 feminino), Millena França (12ª classe 7 feminino), Aline Ferreira (16ª classe 7 feminino), Lethicia Lacerda (20ª classe 8 feminino), Elem da Silva (22ª classe 8 feminino), Aloisio Lima (16° classe 1 masculino), Conrado Contessi (23° classe 1 masculino), Guilherme Costa (15° classe 2 masculino), Iranildo Espindola (23° classe 2 masculino), Paulo Salmin (11° classe 7 masculino), Claudio Massad (22° classe 10 masculino).

Posições dos atletas classificados diretamente com a medalha de ouro no Parapan de Lima - Joyce Oliveira (9ª classe 4 feminino), Danielle Rauen (8ª classe 9 feminino), Paulo Salmin (11° classe 7 masculino), Luiz Manara (35° classe 8 masculino) e Carlos Carbinatti (26° classe 10 masculino).




FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa


Outras Notícias

Confederação Filiada

Financiada pela Lei N° 10.264/2001

Patrocinadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações