Notícia

Paralelo com outras modalidades: Vozes TMB trouxe experiência de sucesso na inclusão das mulheres no esporte

Gerente da CBF participou do programa e explicou como o futebol vem fazendo a transição de um esporte exclusivo de homens para a participação maior das meninas

Jessica Yamada foi campeã brasileira em dezembro, com ginásio lotado no CPB. Foto: Daniel Zappe.

Por Assessoria de Imprensa - CBTM

09/09/2020 04h14


A questão da participação cada vez maior das mulheres é algo que vem sendo perseguido nos últimos anos. O preconceito até com a capacidade feminina é algo muito abordado, assim como a presença feminina na parte técnica e de gestão. No último sábado (5), Valesca Araújo, gerente de Desenvolvimento do Futebol Feminino na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), participou do Vozes TMB e falou um pouco sobre essa transição no futebol. Uma experiência que agrega também no tênis de mesa.

E a mudança, assim como acontece na maioria dos esportes, é lenta também no futebol, mesmo com toda a estrutura e investimento que vem sendo feito nos últimos anos: “Nosso trabalho é o de sensibilização muitas vezes. Conseguimos virar essa chave, com apoio da Fifa e da Conmebol. Mas é um processo de melhorias. Em cinco anos, mudou. Não está perfeito, mas já subimos alguns degraus. Já é possível que algumas praticantes vivam do futebol. Algumas meninas já estão saindo com contratos bem interessantes”.

Um paralelo com o tênis de mesa pode ser traçado em relação ao trabalho feito na parte técnica. Recentemente, a CBTM lançou a proposta da Universidade do Tênis de Mesa, comandada pela professora Taisa Belli, que quer formar também mais técnicas, gestoras e árbitras. No futebol, o processo foi semelhante, com a capacitação feminina.

“Em 2015, não tínhamos um número expressivo de mulheres na parte técnica. A gente trabalhou muito na CBF Academy, hoje temos um número muito maior. Precisamos trabalhar muito na capacitação. Não pode estar no local só por ser mulher. Ela precisa ter conhecimento para fundamentar muito bem as suas decisões”, avisa.

No futebol, assim como acontece em vários esportes, chama a atenção também o pequeno número de mulheres atuando em posições de gestão. Valesca é uma das que quebraram essa barreira, tendo atuado anteriormente no Comitê Organizador da Copa do Mundo de Futebol.

“Na questão de gestão, temos muitas mulheres que evoluíram no futebol. Você não precisa ser atleta para atuar no esporte, mas você tem que ser capacitada. Trabalho numa instituição com maioria de homens, mas você vai se fortalecendo nas suas decisões. Hoje, tenho o respeito de muitas pessoas. Não é da noite para o dia, você tem dificuldades, mas precisa acreditar”.

Por fim, a gerente da CBF fala sobre a evolução da participação feminina e do preparo dos clubes para esta atuação: “Ganhamos muito em um curto período de tempo, principalmente nos últimos dois anos. Alguns clubes se prepararam com antecedência e hoje estão voando. Em cinco anos, teremos um campeonato nacional com clubes melhores e mais organizados. Quanto antes eles se organizam, trocam um problema por um ponto de solução”.

Confira o link para rever o Vozes TMB:

Conteúdo exclusivo

Desde o mês de maio, a CBTM vem investindo em conteúdo exclusivo no seu canal do YouTube, tentando atender a todos os públicos. Os temas são diversos: conhecimento específico, conhecimento básico de tênis de mesa, contato com os ídolos e entrevistas específicas sobre temas do momento. O objetivo é oferecer possibilidade a todos os interessados por tênis de mesa.

Durante 11 semanas, a Resenha TMB ocupou a grade do canal, com a maioria dos grandes craques da modalidade contando diversas histórias. O Ping-Pong com os Ídolos é outro conteúdo que segue a mesma linha, de contato com os atletas. Já na linha de temas de impacto social, o Diálogos TMB e o Vozes TMB recebem sempre pessoas ligadas aos temas do mês, de duas em duas semanas, na faixa dos sábados, às 17h.

Na área de conhecimento, o Ciência TMB é o programa que intercala com os conteúdos de impacto social, aos sábados, também de duas em duas semanas, e debate temas bem específicos, com estudos importantes sobre o tênis de mesa. O Dicionário do Tênis de Mesa é mais voltado a quem tem curiosidade pelo esporte e precisa conhecer o básico.



FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com



Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

www.facebook.com/PortalTMBrasil

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil

Confederação Filiada

Financiada pela Lei N° 10.264/2001

Patrocinadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações