Notícia

Coletivo Ping-Pong cria campanha de financiamento para ajudar mesa-tenistas do Acre

Estado vive grave crise, com alta de casos de Covid-19 e de dengue, além de enchentes que deixaram milhares de pessoas desabrigadas

Por Assessoria de Imprensa - CBTM

22/02/2021 06h58


O Acre pede socorro. São milhares de desabrigados por conta das enchentes, além dos casos em alta de Covid-19 e um surto de casos de dengue. O esporte também foi afetado com a situação de calamidade pública. Exatamente por isso, a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) abriu uma campanha especial através do Coletivo Ping-Pong, para angariar recursos capazes de ajudar os mesa-tenistas do estado.

As pessoas que quiserem ajudar podem doar valores entre R$ 20 e R$ 3 mil na própria plataforma do Coletivo Ping-Pong (https://coletivopingpong.cbtm.org.br/doacoes/campanha/40), através de boleto bancário ou cartão de crédito. A CBTM não recebe recursos de intermediação, apenas disponibiliza a plataforma para doações. Nesta campanha, a Federação de Tênis de Mesa do Estado do Acre será a responsável pela distribuição do total arrecadado.

Esta será a quarta campanha disponibilizada pelo Coletivo Ping-Pong. A iniciativa já conseguiu recursos para instalar uma mesa pública no Bairro Monte Líbano, em Piracicaba. O pedido da mesa veio através da Associação de Moradores do Cananéia, e o local escolhido foi o Parque Zona Sul, localizado a aproximadamente 200 metros da Comunidade, beneficiando 80 famílias, com cerca de 150 crianças e adolescentes.

Inicialmente ocupada por barracos, aos poucos a Comunidade vem transformando a área em um conjunto de moradias de alvenaria de qualidade, através da mobilização dos próprios moradores em parceria com a ONG Mucapp. A mesa passou a ser uma opção de lazer para as crianças e adolescentes do local.

O Coletivo Ping-Pong

O Coletivo Ping-Pong é uma iniciativa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), que busca aproximar a modalidade de uma nova realidade, com ações que possam gerar inclusão e interação entre grupos que não são tão numerosos na modalidade, construindo uma sociedade coletivista, inclusiva e empática por meio do tênis de mesa. A campanha vem na esteira de ações mundiais, como, por exemplo, a Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), que criou a ITTF Foundation.

Aumentar a presença das mulheres, repúdio a qualquer tipo de preconceito a negros, homossexuais e classes mais humildes e promoção do esporte para a saúde e sustentabilidade serão temas frequentemente abordados.

O Coletivo Ping-Pong baseia-se no fato de o tênis de mesa ser um esporte extremamente inclusivo, que pode ser praticado independentemente de idade, gênero e acima de qualquer limitação. É divertido, com pessoas se relacionando sempre em bons momentos, gerando risadas e criando amizades. Uma das suas maiores virtudes é a inclusão. É uma ferramenta de socialização. Um esporte predominantemente individual, mas que se manifesta no coletivo. Nas jogadas, você deve interagir e se colocar no lugar do outro, ou seja, agir com empatia. A iniciativa, lançada em 2020, usa as características do esporte como pilares para a construção de um mundo mais empático, inclusivo e coletivo.



FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Nelson Ayres - nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com


Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

FACEBOOK/PORTAL TMB: www.facebook.com/PortalTMBrasil

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil

TIK TOK: www.tiktok.com/@cbtenisdemesa

LINKEDIN: www.linkedin.com/company/3214214

Confederação Filiada

Financiada pela Lei N° 10.264/2001

Patrocinadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações