Notícia

CBTM abre inscrições para seis novos Polos de Desenvolvimento Regional voltados para a detecção de talentos

Confederação irá disponibilizar kits de materiais e equipamentos, além de monitorar as atividades desenvolvidas e oferecer metodologia; novo polo no Rio foi o último implantado

Polo do Grêmio Social Esportivo de Rocha Miranda passou a fazer parte da lista recentemente.

Por Nelson Ayres e Lucas Pinto (Fato&Ação) – Assessoria de Imprensa CBTM

30/04/2021 02h46


O tênis de mesa brasileiro terá seis novos Polos de Desenvolvimento Regional para incentivar a prática do esporte e detectar novos talentos Brasil afora. A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) lançou edital para selecionar seis regiões, ligadas às Federações Estaduais, que receberão kits de materiais e equipamentos para a prática olímpica e paralímpica. Com o projeto, o foco é atingir meninas e meninos de 6 a 11 anos, além de ser um centro de referência para a capacitação de árbitros e técnicos nos Estados. O edital pode ser visualizado NESTE LINK.

As propostas para se tornar um polo deverão partir das Federações. A ideia é que as entidades estabeleçam parcerias com clubes filiados ou com o Poder Público, já que cada polo deverá ter uma sede fixa, com espaço adequado para a prática do esporte. A intenção é criar pontos de referência locais do tênis de mesa.

Para que o projeto se torne realidade e se mantenha funcionando, a CBTM irá disponibilizar materiais e equipamentos usados em eventos, além de monitorar o desenvolvimento e as atividades dos polos, com a oferta de capacitação, orientação e metodologia específica. Cada kit vai contar com 20 dúzias de bolinhas, 24 separadores, 8 porta-toalhas, 4 mesas de árbitro, 4 mesas oficiais de jogo, 4 placares e 4 jogos de redes com suporte.

“Nossa meta é ter Polos de Desenvolvimento Regional nas 27 Unidades da Federação. Este é um projeto importantíssimo e por ele passa toda a renovação do tênis de mesa de alto rendimento e a difusão da nossa modalidade”, ressalta o presidente da CBTM, Alaor Azevedo.

Entre outras atribuições, as unidades deverão entregar relatórios mensais, frequentar reuniões da confederação e realizar uma lista de eventos anuais, que incluem training camps, cursos de treinadores, curso de arbitragem e eventos escolares. Terão prioridade na seleção as Federações que ainda não têm nenhum polo em seu estado, mas as entidades deverão cumprir requisitos específicos para se candidatarem, como estarem regularizadas junto à CBTM, dentre outros critérios objetivos. A meta é chegar ao número de 54 unidades distribuídas pelo Brasil até 2024.

Rio de Janeiro recebeu o 22° Polo

O Rio de Janeiro foi a última cidade a receber um Polo de Desenvolvimento Regional antes da publicação do edital. O Polo fica localizado no Grêmio Social Esportiva de Rocha Miranda, bairro da Zona Norte da capital carioca, e terá o comando do técnico Luiz Macedo.

A presidente da Federação de Tênis de Mesa do Estado do Rio de Janeiro (FTMERJ), Rosiane Viana, viu com bons olhos a criação de um novo Polo de Desenvolvimento Regional em parceria com a Associação Macedo de Tênis de Mesa (AMTM). “Esta parceria significa a esperança de um futuro com grandes atletas cariocas jogando no Brasil e no mundo”, afirma.

Os Polos de Desenvolvimento Regional têm como a detecção e o desenvolvimento de talentos do esporte, com foco na faixa etária de 6 a 11 anos e a presença de meninos e meninas nas categorias olímpica e paralímpica. A iniciativa faz parte das diretrizes da CBTM, amparadas pelo projeto Rota do Alto Nível, desenvolvido pelo francês Michel Gadal, um dos maiores nomes do tênis de mesa mundial. A ideia é ampliar e manter a competitividade dos mesa-tenistas brasileiros em âmbito internacional.

Os locais têm prioridade na realização de cursos de treinadores e árbitros, repasse de materiais, além de acompanhamento direto da CBTM. Alguns deles substituem o conceito anterior de centros de treinamento.

Confira a lista atualizada de Polos de Desenvolvimento Regional:

Aracaju (SE) – Academia Sergipana de Tênis de Mesa

Belém (PA) – Tuna Luso Brasileira

Campo Grande (MS) – Clube Militar

Cuiabá (MT) – Centro de Treinamento e Desenvolvimento Cláudio Kano

Joinville (SC) – Associação Joinvilense de Tênis de Mesa

Juazeiro do Norte (CE) – Crajubar Tênis de Mesa

Macapá (AP) – Colégio Estadual Raimundo Nonato Dias Rodrigues

Maceió (AL) – Jaraguá Tênis Clube

Manaus (AM) – Vila Olímpica de Manaus

Porto Alegre (RS) – Sogipa

Porto Velho (RO) - Ypiranga Esporte Clube

Rio de Janeiro (RJ) – Associação Carioca de Tênis de Mesa

Rio de Janeiro (RJ) – Grêmio Social Esportivo de Rocha Miranda

Santo André (SP) – Associação Desportiva Santo André

São Bento do Sul (SC) – Associação São Bento de Tênis de Mesa

São Luís (MA) – Federação Maranhense de Tênis de Mesa

Taguatinga (DF) – Associação dos Mesatenistas de Taguatinga

Teresina (PI) – Escola Municipal Nossa Senhora da Paz

Tinguá (CE) – Escola CEJA

Toledo (PR) – Centro Olímpico Arnoldo Bohnen

Varginha (MG) – Associação Varginhense de Esportes



FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE)

Atendimento: Nelson Ayres (21) 98541-1967 – nelson@fatoeacao.com

Equipe de assessoria, produção de conteúdo, mídias sociais e clipagem: Claudia Mendes, Nelson Ayres, Lucas Pinto e Beatriz Ayres

fatoeacaocomunicacao@gmail.com / contato@fatoeacao.com



Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

FACEBOOK/PORTAL TMB: www.facebook.com/PortalTMBrasil

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: www.instagram.com/@cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil

TIK TOK: www.tiktok.com/@cbtenisdemesa

LINKEDIN: www.linkedin.com/company/3214214

Outras Notícias

Confederação Filiada

Financiada pela Lei N° 10.264/2001

Patrocinadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações