Notícia

Semana de Treinamento de Jovens movimenta o Centro Paralímpico Brasileiro

Treze jovens atletas paralímpicos estarão reunidos até domingo e vão interagir com os atletas da Seleção adulta

Evellyn dos Santos treina em São Paulo até o próximo domingo. Foto de Arquivo: André Soares.

Por Nelson Ayres (Fato&Ação Comunicação)

23/01/2023 06h00


O trabalho de preparação dos jovens atletas paralímpicos do Brasil já começou em 2023. A Semana de Treinamento de Jovens começou nesta segunda-feira (23) e segue até domingo, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP). Esta é a primeira atividade de seleções da modalidade na temporada.

Ao todo, 13 jovens atletas estão reunidos em regime de concentração: Allana Maschio (classe 9), Cadu Moraes (5), Evellyn dos Santos (11), Karina Becker (9), Ryan Santos (10), Neemias Vieira (6), Jean Mashki (7), Kaynan de Souza (11), Marcos Vinícius do Amaral (6), Matheus de Freitas (8), Maycon de Oliveira (5), Nicole dos Santos (5) e Lethicia Lacerda (8).

A comissão técnica tem a presença do treinador da Seleção Paralímpica Adulta, Paulo Molitor, auxiliado pelos técnicos Augusto Correa e Maiza Mota. O gerente de seleções da CBTM, Sandro Abrão, e o líder de seleções paralímpicas da entidade, Daniel Cobra, acompanham as atividade de perto.

Entre os atletas convocados, estão alguns com mais experiência. São os casos de Lethicia Lacerda, que fez parte da equipe brasileira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e no Mundial da Espanha, e de Evellyn dos Santos, que também disputou a competição mundial em Granada, no ano passado.

Porém, um dos focos da comissão técnica é o trabalho de integração. ”O objetivo principal é agregar estes atletas jovens. Sempre que fazíamos estes treinamentos, dividíamos os horários. Desta vez, todos treinam no mesmo horário, de forma que os jovens atuem no mesmo horário que a Seleção principal. E alguns destes atletas estão sendo colocados para treinar diretamente com os atletas mais experientes”, detalha o técnico Paulo Molitor, que também falou sobre algumas estratégias que serão utilizadas para buscar maior troca de conhecimento:

“O principal foco é a interação com o pessoal da Seleção. Essa foi a nossa ideia. Como estamos dando essa abertura para os jovens, queremos um intercâmbio maior, com todos interagindo em treinos pontuais, cada um no seu nível específico”.



FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa Institucional e de Eventos da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Atendimento aos profissionais de imprensa: Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

Confederação Filiada

Parceiro Oficial

Jogo Limpo

Patrocinadores

Apoiadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações