Notícia

Estrutura de alto nível da Arena Carioca 1 é destaque na primeira competição nacional da CBTM em 2021

Instalações são geridas pela Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, e ganharam elogios dos atletas e do vice-presidente da Confederação, Vilmar Schindler

Arena Carioca 1 durante o TMB Platinum. Foto: Marcelo Martins.

Por Assessoria de Imprensa - CBTM

29/07/2021 11h19


Depois de um longo período sem competições, em razão da pandemia da Covid-19, a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) realizou sua primeira competição nacional em 2021. O TMB Platinum – Ciclo I aconteceu na penúltima semana de julho, entre os dias 21 e 25, e contou com a ampla e moderna estrutura da Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ). Geridas pelo Governo Federal, as instalações deram aos atletas condições ideais para as disputas e ganharam elogios do vice-presidente da CBTM, Vilmar Schindler, como as melhores para eventos “no Brasil e nas Américas”.

Ainda em meio à pandemia, a importância de uma boa estrutura era crucial para que as restrições fossem obedecidas pelos atletas. Foram quase mil mesa-tenistas de 22 estados e 127 clubes, o que também trazia um nível maior de dificuldade para a organização do torneio. Mesmo assim, todos os mesa-tenistas elogiaram as instalações, inclusive com publicações nas redes sociais, classificando a Arena Carioca 1 como o local com melhores condições para os jogos de todos os tempos.

Dentre os seis dias de jogos, aconteceram confrontos desde a categoria super pré-mirim, passando pelo absoluto e pelos torneios paralímpicos, até os veteranos. A realização também contou com o apoio da Caixa Econômica Federal, patrocinadora oficial do tênis de mesa paralímpico e que teve grande importância na realização do evento, segundo o vice-presidente da CBTM, Vilmar Schindler. De acordo com ele, o ambiente oferecido na Arena Carioca 1 desbanca, inclusive, locais de competição em nível internacional.

“Para mim, é o melhor local em termos de estrutura que eu vi até hoje, nos eventos no Brasil e nas Américas”, exaltou o dirigente.

No mesmo mês de julho, por exemplo, o local também já havia recebido treinos da Seleção Brasileira de tênis de mesa, antes do embarque da equipe para representar o país nos Jogos de Tóquio, o que já credenciava a arena como um centro esportivo de alto nível. Agora, depois de receber um evento de maiores proporções e com grande quantidade de atletas, isso foi confirmado.

A gestão das Arenas Cariocas 1 e 2, no Parque Olímpico do Rio, é de responsabilidade da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. Para o assessor especial da pasta, Maurício Pelegrineti, a colaboração com o tênis de mesa foi um ganho, principalmente, para os mesa-tenistas.

“Para a Secretaria é um prazer receber o tênis de mesa aqui, ser útil ao esporte e possibilitar que os atletas tenham uma vivência dentro de uma Arena como essa, usando o legado olímpico. A Secretaria agradece a parceria com a CBTM”, finalizou Pelegrineti.




Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

FACEBOOK/PORTAL TMB: www.facebook.com/PortalTMBrasil

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: www.instagram.com/cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil

TIK TOK: www.tiktok.com/@cbtenisdemesa

LINKEDIN: www.linkedin.com/company/3214214

Confederação Filiada

Financiada pela Lei N° 10.264/2001

Jogo Limpo

Patrocinadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações