Notícia

Mizael Conrado é a 13ª personalidade a receber o título de benemérito da CBTM

Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro recebeu título das mãos de Alaor Azevedo, durante cerimônia que aclamou o dirigente para mais um mandato

Mizael Conrado passou a ser um dos 13 beneméritos da CBTM. Foto: Alê Cabral/CPB.

Por Assessoria de Imprensa – CBTM, com informações do Comitê Paralímpico Brasileiro

01/12/2020 09h18


O presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Mizael Conrado, 42 anos, recebeu, nesta segunda-feira (30), o título de benemérito da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM). Ele recebeu o título das mãos de Alaor Azevedo, presidente da CBTM, durante a cerimônia que o aclamou para um novo mandato no comando do Comitê, em São Paulo (SP).

Mizael é a 13ª personalidade a receber o título de benemérito da CBTM. O presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC), Andrews Parsons, que havia sido o último benemérito a receber o título, em 2018, participou do momento da entrega do título ao dirigente.

Eleito presidente pela primeira vez em 2017, Mizael Conrado foi o primeiro medalhista paralímpico a assumir o cargo do CPB, tendo sido bicampeão paralímpico de futebol de cinco nos Jogos de Atenas-2004 e Pequim-2008, além de ter sido considerado o melhor jogador do mundo da modalidade em 1998. Em sua gestão, o tênis de mesa continuou a ter todo o apoio do Comitê, fundamental para que o Brasil continuasse a ter protagonismo no cenário internacional, com dezenas de medalhas no Parapan e um vice-campeonato mundial, com Cátia Oliveira.

“É um título muito merecido. Ele apoiou o crescimento do tênis de mesa nos últimos anos, sempre estimulando a CBTM a perseguir voos mais altos”, disse o presidente Alaor Azevedo.

Reeleito por aclamação

Mizael Conrado foi reeleito para a posição para o ciclo 2021-2025, em Assembleia Geral Ordinária. O ex-atleta do atletismo Yohansson Nascimento, 33 anos, foi eleito vice-presidente e formará a nova diretoria executiva da entidade. A nadadora Edênia Garcia (classe S4), 33 anos, foi eleita presidente do conselho fiscal do CPB.

Esta é a primeira vez na história do Movimento Paralímpico nacional que a diretoria eleita do Comitê será formada somente por atletas medalhistas. Yohansson foi campeão em Londres-2012 e tem outras cinco medalhas em Jogos Paralímpicos. Já a presidente eleita do conselho fiscal, Edênia, tem três medalhas paralímpicas. A posse da nova diretoria será realizada no primeiro dia útil de 2021, em 4 de janeiro, segunda-feira.

Para a eleição da diretoria executiva do CPB, votaram entidades esportivas com representação no esporte paralímpico e membros do conselho de atletas. Ao todo, foram 20 votos contabilizados no pleito. O evento obedeceu aos protocolos de segurança em relação à pandemia do Covid-19, com cédulas individualizadas, com leitura em braile, e distanciamento social entre as mesas dos participantes. 

“Agradeço por mais esse voto de confiança que recebemos, além de ser mais uma demonstração da aprovação que temos da nossa gestão. Continuaremos com grandes desafios e ainda mais responsabilidades de promover o acesso de todos ao esporte paralímpico. Muito obrigado”, afirmou o paulista Mizael Conrado.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes - claudia@fatoeacao.com
Nelson Ayres - nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br
fatoeacaocomunicacao@gmail.com



Siga a CBTM nas redes sociais:

FACEBOOK: www.facebook.com/cbtenisdemesa

www.facebook.com/PortalTMBrasil

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa

YOUTUBE: www.youtube.com/user/TMdoBrasil

Confederação Filiada

Financiada pela Lei N° 10.264/2001

Patrocinadores

Eventos
Calendário
Área de Filiados
Desenvolvimento
Universidade do Tênis de Mesa
Escolas de Treinadores
Escolas de Árbitros e Oficiais
Escola de Gestão
Certificações